"The Iron Throne" - GOT S8E6 | Crítica

21 de maio de 2019



Com Spoilers

Chegámos então ao último episódio de sempre de Game of Thrones! O que acharm do fim da série? Vou já causar polémica e dizer que gostei. Sim, leram bem, não me julguem. Óbvio que não achei perfeito mas também não achei assim tão mau como andam a dizer pela Internet.

Está bem que Game of Thrones sempre nos habituou a ser diferente e imprevisível, mas também há que ter calma na criação de expectativas. E claro, ao criarem 1001 teorias acerca do que possa vir a acontecer vai fazer com que elas aumentem ainda mais. Mas numa coisa concordo, a série precisava de mais episódios. Foi tudo muito rápido.




Comecemos pelo início do episódio então. Aquela cena com a Daenerys a entrar e com o Dragon atrás foi só perfeita! Vai direitinha para o meu ambiente de trabalho. E o discurso? Lindo. A Daenerys sempre se preocupou com o seu povo e isso notou-se perfeitamente. Nesta última temporada, pode ter assumido uma postura mais "fria" porque no fundo ela perdeu as pessoas que mais amava, mas sempre deixou claro que ou estás do lado dela, ou estás contra ela. Como foi dito neste último episódio, nós só não reparámos nisso anteriormente porque ela matava as pessoas que nós também não gostávamos.

Por mim, era ela a dona daquilo tudo e mais nada! Mas como eu já estava à espera que isso não acontecesse e tinha um feeling que ela iria morrer, não fiquei tão triste quanto isso. Por falar na sua morte, não estava à espera que o Jon Snow tivesse realmente coragem para fazer tal coisa. E o Drogon foi só das minhas "personangens" favoritas deste episódio! Foi tão lindo quando ele começou a chorar por ver a sua mãe sem vida e o facto de ele queimar o trono também foi dos meus momentos favoritos deste episódio. No fundo, o que a matou, foi a sede pelo trono. Se o Dragon podia ter desviado um bocadinho para a esquerda e ter matado o Jon Snow? Podia, não se perdia nada. Já sabem que não sou fã do Jon, desculpem-me...




Muita gente também não concordou com o facto de que quando a Daenerys foi traída pelo Varys, o matou imediatamente, e agora que foi traída pelo Tyrion e morta pelo Jon Snow, eles foram apenas presos. Vá, eu até consigo perceber o porquê disso ter acontecido. O Tyrion já há algumas temporadas que esteve sempre do lado da Daenerys e sempre era mais importante do que o Varys, aliás ele era a mão "do rei". E ainda por cima, já não havia rei nem rainha para o mandar matar, por isso era normal que fosse a julgamento e que decidissem uma sentença todos entre si. Mas como naquela altura já ninguém gostava da Daenerys (tirando o Verme Cinzento), não lhe aconteceu nada.

Agora a situação do Jon Snow é diferente. Por um lado temos também a história de ele ser Targaryen que no final de contas nem foi mencionado. Será por ter sido ele a matar a "rainha" e como tal tiraram logo essa hipótese de Jon Snow sentado no trono? Talvez. Mas o que eu não percebi foi terem-no mandado para a patrulha da noite. Que eu saiba, já não existem ameaças na muralha... (ah e a muralha reconstruiu-se muito rapidamente!) Está bem que eles disseram na série que tinham de fazer alguma coisa com os prisioneiros e por isso é que o mandaram para lá, mas de certeza que havia muitas casas de banho para lavar as que o Sam lavou na temporada 7!




Quanto à escolha do Bran para rei dos "6 reinos", achei que foi a mais acertada, depois do discurso do Tyrion. Se formos a ver bem, qual deles era a melhor pessoa para governar? O Jon Snow que nunca quis nada daquilo e que só sabia dizer que a Daenerys era a sua rainha? Ou uma pessoa que conhece a história toda de Westeros como a palma da sua mão? Eu gostei da escolha e apesar de achar que ele também fica demasiado tempo parado a "olhar para o nada" sempre era o melhor para governar Westeros, das personagens que ainda restavam.

Por fim, os meus finais de personagens favoritos: Arya e Sansa. Achei que a Arya pegar num barco e pôr se a andar foi o mais indicado para ela. Ela não queria ser uma lady, não havia mais ameaças ao Norte para ela se defender e ela nunca foi de ficar no mesmo sítio muito tempo por isso gostei bastante. Ainda por cima aquele barco era qualquer coisa! Assim como a coroa da Sansa. Amei! A Sansa nunca foi das minhas favoritas mas nos últimos tempos evolui bastante e o título "queen of the north" não lhe poderia ficar melhor. Para não falar de ela ter mantido Winterfell como um reino independente, como Ned Stark queria!

E vocês o que acharam do episódio?


Enviar um comentário

INSTAGRAM

© LOSING MA MIND. Design by FCD.