Marriage Story (2019) | Review #Oscars2020

20 de dezembro de 2019


Sem Spoilers

Marriage Story é uma comédia dramática original da Netflix que teve a sua estreia no início deste mês de Dezembro em Portugal e tem como atores principais Scarlett Johansson e Adam Driver. O filme foi escrito e dirigido por Noah Baumbach, sendo já avaliado pela crítica como um dos melhores filmes do cineasta, se não o melhor.

Apesar de se intitular "Marriage Story", a história trata-se de um divórcio entre uma atriz e um diretor de teatro que possuem um filho, onde é possível ver tudo o que está por trás de um divórcio e em como isso pode afetar (e afeta) uma família.

Baumbach é conhecido pela sua cinematografia nova-iorquina Mumblecore, onde a atuação é mais naturalística e os diálogos na sua maioria improvisados. Pelo que tenho visto na net, os guiões foram estritamente respeitados, mas a atuação naturalística estava lá quando a Nicole (Scarlett Johansson) a meio de uma conversa vai assoar o nariz ou quando o Charlie (Adam Driver) se encontra com dificuldades em cortar o papel de cozinha. São pequenas coisas que fazem parte do dia a dia mas que talvez por não estar habituada a filmes deste género, foi uma das coisas que mais gostei. Isso e toda a estética do filme.

Embora esta longa esteja com interpretações incríveis, principalmente do Adam Driver e da Scarlett Johansson (e aquela discussão final tenha sido incrível), o filme não me transmitiu nenhuma montanha-russa de sentimentos. Talvez por nunca ter passado por um divórcio e não me identificar tanto com a história do filme, mas isso por norma acontece com a maioria dos filmes que eu vejo e em muitos choro como uma madalena, o que não aconteceu neste. Achei a história bonita (apesar de tudo) mas faltou qualquer coisa para eu amar o filme. Ainda assim, recomendo verem este filme!

Pontuação: 8/10





Enviar um comentário

INSTAGRAM

© LOSING MA MIND. Design by FCD.